quinta-feira, 30 de julho de 2015

Resenha: Amigas (Im)Perfeitas, Leila Rego

Título: Amigas (Im)Perfeitas
Autora: Leila Rego
Editora: Gutenberg
Páginas: 389
SKOOB
Nina, Pâmela e Manuela são jovens adultas que chegam aos 30 anos de idade mantendo uma amizade desde os tempos de escola. Amigas inseparáveis, continuam curtindo as músicas da Legião Urbana – a trilha sonora de suas vidas – e, apesar de terem tomado rumos muito diferentes, elas conseguem se encontrar todas as quintas-feiras para a Noite do Batom, quando colocam o papo em dia, apoiam-se, dão risadas, trocam confidências e, é claro, falam mal dos desafetos, já que ninguém é de ferro.Pâmela, já casada, é muito bem-sucedida profissionalmente, não tem problemas financeiros e parece ter a vida perfeita. Mas só parece. Manuela é separada. Casou-se um dia para esquecer o grande amor da sua vida e não foi feliz, e hoje parece não ligar mais para as questões do coração. Mas só parece. Nina é a solteira que tem uma atração irresistível por cafajestes, que sempre a fazem sofrer. Implora para que Santo Antônio a ajude a ser feliz no amor, o que parece impossível. Mas só parece.Em uma Noite do Batom incomum, Manu inventa a OFI (Operação Faxina Interna) para ajudar Nina a superar mais um relacionamento frustrado. Junto de mais dois amigos, partem para uma divertida viagem que mudará para sempre a vida de todos. Com reviravoltas, aventuras e desventuras, será impossível você não se identificar com essas amigas, que, como todos nós, são imperfeitas em seus defeitos e problemas, mas perfeitas demais para não querermos repartir com elas as dores, as alegrias, os sonhos e a realidade de uma vida inteira.

Nina, Pam e Manu são amigas desde a infância. Mesmo com toda a correria cotidiana, elas se encontram toda semana para a Noite do Batom, onde se divertem e falam sobre tudo, especialmente sobre os trastes da Nina (logo mais falo sobre eles).

No colégio, elas juntamente com Kau, (que por algum motivo foi embora alguns anos atrás e nunca mais deu notícias), formavam a turma dos Lokes, sempre se apoiando e estando presente quando alguém da turma precisava. O Kau é o que mais sofria é claro, pois as meninas inventavam cada uma e ele sempre dava cobertura.

Agora chegando na casa dos 30, Manu que se casou com um namorado da época do colégio está separada e tem um salão de beleza super badalado, Pam é casada e bem sucedida, dona da própria empresa e Nina tem uma clinica de massagem e quanto aos relacionamentos...essa não dá sorte de jeito nenhum.

Nina perdeu o pai na adolescência e depois disso sua mãe ficou devastada, e acabou negligenciando Nina, que agora vive sozinha.


Nina tem um dedo podre quando o assunto é homem, pois ela é aquele tipo de mulher que está desesperada para casar, pois se acha muito velha para estar solteira aos 28 anos. Mas Nina é ingênua e lhe falta o amor próprio, pois cada traste que aparece ela já jura amor eterno e se apaixona loucamente, e um desses trastes é Marcelo, que ela conheceu em um bar e depois de uma noite de sexo desapareceu, sem deixar contato e nem nada. Nina é claro passou seu telefone e fica esperando desesperada a ligação do safado.
Como Maomé não vem até a Montanha, a montanha resolve ir até Maomé, assim Nina se vê sozinha, sentada em um bar esperando Marcelo aparecer, e assim começa esse relacionamento unilateral.

Depois desse dia no bar, Nina e Marcelo engatam aquele relacionamento que: ele aparece quando quer o corpinho dela, ela acha que o ama e que ele a ama e que vai mudar, mesmo que suas amigas e a cidade toda avisem que o cara não presta, ela simplesmente não aceita.
Logo começa faltar nas Noites do Batom, entre outras coisas, pois ela faz isso quando está apaixonada, acaba deixando as amigas de escanteio. Sorte que tem boas amigas.

Quando ela enfim percebe o traste que Marcelo é, Manu sugere uma OFI - Operação Faxina Interna para Nina tentar esquecer o sem-vergonha e assim Manu, Nina, Nathan, um nerd muito lindo amigo de Manu e Alexander, um cara bonito, gentil e misterioso que aparece na vida de Nina, tiram uma semana para se divertir, viajar, e tentar esquecer. cada um tem seu fantasma da passado ou não tão passado assim.


Devo deixar claro que apesar de ser um pouco ou muito cabeça de vento, depende do ponto de vista, a Nina é uma personagem cativante, e amadurece muito durante a história.

A amizade delas é linda e o Nathan e o Alê entram para o grupo somente para somar. São dois homens totalmente diferentes, mas igualmente especiais (a periguete literária em mim ficou na dúvida).

O livro é ambientado aqui em Campinas, e nada melhor que um livro onde vc sabe exatamente onde os personagens estão né? Hahahaha!
Quando a OFI começa eles partem para várias aventuras, em São Paulo, Piracicaba e por aí vai....
Eu amei os personagens serem aqui de Campinas. Sério. Me apeguei tanto a eles que fico me imaginando encontrando eles no shopping, sei lá hahaha!

Outra coisa que amei nesse livro foi a trilha sonora, repleta de Legião Urbana! Amo as músicas da Legião, e as músicas e trechos citados se encaixam perfeitamente em cada momento!
Renato tinha o dom de compor canções que falam de nós, do nosso dia a dia, dos nossos problemas amorosos, dos nossos sentimentos, dúvidas e incertezas das coisas grandiosas da vida. E das mais sutis também. Talvez por isso suas músicas continuam tão atuais e tão gostosas de se ouvir e cantar.

Amigas (Im)Perfeitas é um chick-lit delicioso que fala sobre a força e o valor da amizade, fala de amor, de crescimento, e como principalmente ter amor próprio é essencial.

O livro é narrado em primeira pessoa pela Nina, o que me rendeu boas gargalhadas com as loucuras dela. Coitado do Santo Antônio, ela virava o santo de cabeça pra baixo, deixava ele na água, entre outras coisas bizarras.
"Cala a boca!", pensei fuzilando sua nuca transversalmente para ter certeza que a glândula pineal seria destruída, dizem que é lá que fica nossa alma. Assim, nem em outra vida ele voltaria para me azucrinar.
Nunca saberei. Comecei a imagina como a vida é misteriosa. Cada suspiro, cada passo e cada segundo de tempo podem mudar completamente o nosso futuro, sem que nós nunca saibamos quais seriam as outras direções que poderíamos ter seguido. 
Meu primeiro contato com a escrita da Leila foi com Pobre Não Tem Sorte e Pobre Não Tem Sorte 2 que se tornaram meus queridinhos também. A Leila tem uma escrita muito fluída.

A diagramação do livro está a coisa mais linda também!







Comprei o livro ano passado direto com a Leila e ele veio autografado e com vários mimos que agora não sei onde estão.

As trocas de mensagens ão no padrão antigo, tipo Nokia, pois a história se passa em 2003.

Talvez eu tenha falado, falado, falado e não chegado em lugar algum com essa resenha, espero que não, mas deixo a recomendação, pois o livro é realmente lindo!




Beijos!

28 comentários:

  1. Adorei sua resenha, sou louca por esse livro faz um tempo, mas sempre que estou com dinheiro esqueço de comprar, sério necessito desse livro. Amei as musicas haha sou apaixonada por Legião Urbana <3

    http://luxuosoestilo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Angélica, adorei o livro. A capa é linda e se tem Legião Urbana de trilha sonora só pode ser bom. Pelo que você falou tem umas partes tristes na vida das personagens, mas acho que é só para deixar a história mais rica. Gostei muito, espero ler. Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    O livro parece ser bem legal e divertido! A capa é super estilosa e bonita. Nunca tinha ouvido falar desse livro, ou o visto em alguma livraria. Vou procurar mais sobre ele! Sua resenha foi Otima!
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Adoro chick-lits! E por tratar do tema amizade e ser da Leila Rego, me interessou mais ainda, pois sempre ouvi falar muito bem de sua escrita.
    Adorei a resenha!
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  5. Eu conheci a Leila na Bienal de SP ano passado e achei ela um amor de pessoa.
    Ainda não li os dois livros dela. Mas espero poder ler em breve, porque estou bastante curiosa.
    E pelo que você disse sobre a história é um gênero que vou amar. Porque adoro tudo que aborda sobre amizade, romance etc...Adorei tudo que você contou sobre o livro e espero ler assim que puder.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/07/resenha-minha-vida-daria-um-livro.html

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Sempre quis ler os livros da Leila, mas ainda não li nenhum :(
    Adoro chick-lit e tenho certeza que vou amar essa leitura!
    Ótima resenha!
    Beijos!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
  7. Angélica, adorei a premissa do livro.
    Parece ser bem leve, amo chick-lit e tenho certeza que iria adorar a leitura.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  8. Oiie
    Eu adorei a premissa do livro.
    Adoro livros onde os personagens são amigos desde a infância, isso é realmente incrível e a conexão entre eles é muito top.
    Eu amei sua resenha, não conhecia o livro e nem a autora, mas agora vou procurar o livro para comprar.
    Amei a diagramação, linda linda.

    ResponderExcluir
  9. Oii, não sou muito fã chick-lit e esse livro não me chamou tanto a atenção mesmo a capa sendo bem bonita.

    Bjs
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ah, que livro mais lindo! Sou apaixonada por títulos que trazem trilha sonora, muito amor <3 Sua resenha ficou ótima. Já anotei aqui na minha agenda. Beijos, Érika

    >> www.queroseralice.com.br <<

    ResponderExcluir
  11. Esse livro parece ser perfeito pra um dia de descanso, em que queremos algo leve e gostoso de ser lido! Anotarei a dica.

    Beijo! ;*
    Wink!

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    A resenha tá maravilhosa, e o livro parece ser muito bom...pelo menos dá pra dizer isso pela trilha sonora!
    Beijos!
    http://laoliphant.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oie,
    Eu já vi a capa desse livro antes mas nunca tinha procurado saber mais sobre e pela sua resenha parece ser um livro bem divertido e caso tenha oportunidade com certeza pretendo lê-lo.

    Abraços,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
  14. Oie! Tudo bem?

    Nossa, quanto tempo não passo aqui... Confesso que pelo titulo do livro não me interessei por ele e nem pela temática. Adorei as fotos que você tirou!

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  15. Olá ^^

    Eu já tinha visto este livro antes, mas não tinha lido resenhas ainda.
    Confesso que eu imaginava uma história mais bobinha e fraca, mas pelo visto é um livro muito bom e divertido :D

    bjs

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem?

    Ainda não conhecia esse livro, também não havia lido nenhuma resenha sobre. Me parece ser uma graça e fofo! hihihi. Parabéns pela resenha, super bem detalhada e escrita.

    Beijos, And!

    Blog Cantinho da And

    ResponderExcluir
  17. Já li outro livro da autora e adorei sua escrita. Gostei de saber que esse também é chick lit, quero ler mais obras da Leila e vou começar por essa.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  18. Oi Angélica!
    A Leila Rêgo é uma amor, né? Eu li Pobre não Tem Sorte e amei a narrativa dela, mas ainda nõ li Amigas Imperfeitas, mas assim que tiver oportunidade ($$$) eu quero ler sim.
    Adorei sua resenha!

    B-jusss!
    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir
  19. Oláá! Já amei o livro, quando terminei de ler a sinopse. Amooo livros desse gênero! Amigas de escola, juntas e contando tudo uma pra outra?! kkkkkk Comédia pura hehe. Adorei a resenha e já coloquei ele na minha lista de leitura. Amei a resenha!

    Beijão da Lari!
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  20. OI ^^ eu gosto da escrita da autora, mas diferente de vc ainda sim eu não consegui gostar de pobre não term sorte.
    por isso passo a leitura desse livro xp

    ResponderExcluir
  21. Olá, tudo bem?
    Adoro chick-lit e fiquei bem interessada nesse, parece ser muito engraçado e uma ótima leitura.
    Claro que anotei.
    Super beijos <3

    ResponderExcluir
  22. Olá
    Eu adoro chick lit, me divirto muito lendo e agora fiquei curiosa em saber como essa história termina, afinal, pelo menos uma vez na vida, temos dedo podre para homens.
    Adorei sua resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Olá, gostei muito da sua resenha. Sou louca pra ler algum livro da autora, mas ainda não tive oportunidade. A história desse parece muito boa, quero muito ler.

    ResponderExcluir
  24. Que livrinho mais amor! Bem que tava procurando algo pra dar de niver pra minha amiga. Acho que vai ser esse ai, é pra mim igual rs

    ResponderExcluir
  25. Adoro quando os livros são ambientados em cidades brasileiras! Não tem coisa mais clichê do que livro brasileiro que se passa em Londres ou Paris, né? Hahahah
    Eu não me interesso por chick-lit, com algumas exceções... Então deixo a dica passar.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  26. Oii!

    Gostei bastante da promissa ^^ Acho que vou dar de presente para a minha amiga hahahaha
    Adorei a resenha!

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  27. Oiii.
    Que lindas as fotos também adorei a premissa do livro e a sua resenha ficou ótima, Parabéns.
    Bjs;-);-)
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Oiii.
    Que lindas as fotos também adorei a premissa do livro e a sua resenha ficou ótima, Parabéns.
    Bjs;-);-)
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Copyright © A. Libri | Layout e personalização por VR Design