Resenha: Pobre Não Tem Sorte

22 setembro 2014



Autora: Leila Rego
Páginas: 244
Editora: All Print
Edição: 2

Sinopse: Toda garota do interior sonha em se casar com o cara de seus sonhos, ter uma casinha, filhos e ser feliz até que a morte os separe, certo?
E se esse cara for lindo, rico, super fashion e divertido?
E se tal "casinha dos sonhos" for um mega apartamento no melhor bairro da cidade?
Uau! Mariana encontrou o cara perfeito e vai se casar com ele!
E nada de casinha! Isso é coisa de gente que pensa pequeno. Mariana vai ter o apartamento dos sonhos que já vem incluso no pacote: case com um homem rico e vá morar em grande estilo.
E quanto a filhos e ser feliz até que a morte os separe... Bem, ela ainda não pensou nesses detalhes. Afinal as prioridades vão para as coisas bem mais interessantes como, por exemplo, o vestido de noiva perfeito, o que o colunista vai dizer sobre o seu casamento no tablóide de domingo, o que as amigas e inimigas irão comentar, quem entrará na lista de convidados para sua despedida de solteira, etc.
Mas isso só sura até um dia em que Mariana... 
Bom, leiam o livro e descubram.


Estou com uma luzinha aqui piscando: dê spoiler! Dê spoiler!
Mas vou tentar não fazer isso!

PNTS foi um dos melhores chick lits que eu já li, amei de verdade, a narrativa dele é incrível, uma delícia de ler.

A Mariana, é ambiciosa, sonhadora e totalmente pirada.
Em PNTS iremos acompanhar os preparativos para seu casamento com Edu e suas loucuras para sempre estar impecável, com todas as marcas que ela tem direito (tudo parcelado no cartão de crédito), mas a questão é que a Mari é pobre, e o padrão de vida que ela quer levar, não condiz com sua realidade.
Ela vê no casamento com Edu uma chance de se livrar daquela vida medíocre que ela tanto odeia.
Mas nem tudo sai como o esperado e Mari perde completamente o chão.
Deprimida, ela precisa dar a volta por cima e resgatar seu verdadeiro eu.

Já vi muitas Maris por aí, acho que e tenho um pouquinho da Mari também, acho que todas nós temos um pouquinho dela.
A Mari é uma personagem muito real, muito autêntica e a forma como o livro é narrado(pela Mariana), nos envolve tanto com a vida e as situações que ela vive, que parece que ela está cara a cara nos contando a história.
E é incrível a transformação pela qual ela passa.
Sem contar as risadas, que são garantidas!

Vale muuuuuito a pena ler ele. Super recomendo!


Espero que tenham gostado!
Bjs e até a próxima!





Comente com o Facebook:

7 comentários

  1. Olá! ^^
    Sou COMPLETAMENTE APAIXONADA por chick-lits! <3
    Achei bem legal a estória! E acho que também tenho um pouquinho da Mari,todas temos, não é?
    E fiquei morrendo de vontade de ler esse, já entrou pra minha listinha! ;)

    Beijo!

    http://dreams-books-love.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Muito daora essa resenha! Fiquei curiosa pra ler. Mas o que é chick-lits? Bjksss
    soterocarioca.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Chick-lit não é meu gênero favorito, mas eu gosto também.
    É bom para dar uma relaxada após ler livros mais densos.
    Esse parece ser muito bom e bastante divertido.
    Adorei a resenha.
    Seguindo o blog.
    Beijos
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
  4. Já li e amei ! A mari é um nojo, mas é isso que faz com que ela seja humana... Fiquei com vontade de matar ela 45631364123 vezes, mas superei... Morrendo de vontade de ler o 2 ....
    Blog super fofo...

    xoxo

    Fofókices Literárias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O meu PNTS2 chegou essa semana! Só esperando terminar a leitura atual pra rir mais com a Mari!

      Excluir

 
A. Libri © Copyright 2017 ♥ Ilustração by Vexels.com ♥ Design by Kris Monneska.