[Resenha] Ninfeias Negras

06 julho 2017



Título: Ninfeias Negras
Autor: Michel Bussi
Editora: Editora Arqueiro
Páginas: 352
Compre: Amazon | Saraiva
Giverny é uma cidadezinha mundialmente conhecida, que atrai multidões de turistas todos os anos. Afinal, Claude Monet, um dos maiores nomes do Impressionismo, a imortalizou em seus quadros, com seus jardins, a ponte japonesa e as ninfeias no laguinho.É nesse cenário que um respeitado médico é encontrado morto, e os investigadores encarregados do crime se veem enredados numa trama em que nada é o que parece à primeira vista. Como numa tela impressionista, as pinceladas da narrativa se confundem para, enfim, darem forma a uma história envolvente de morte e mistério em que cada personagem é um enigma à parte - principalmente as protagonistas.Três mulheres intensas, ligadas pelo mistério. Uma menina prodígio de 11 anos que sonha ser uma grande pintora. A professora da única escola local, que deseja uma paixão verdadeira e vida nova, mas está presa num casamento sem amor. E, no centro de tudo, uma senhora idosa que observa o mundo do alto de sua janela.


Quando Jérome Morval, médico do vilarejo de Giverny é encontrado morto nos Jardins de Monet, a polícia inicia a investigação para encontrar seu assassino.
Trabalham com algumas hipóteses, dentre elas algum marido traído, já que ele era um mulherengo, algo relacionado à roubos de arte, ou  até algo envolvendo alguma criança, já que junto com ele é encontrado um cartão de aniversário de onze anos.

Paralela à investigação que segue sob responsabilidade do inspetor Laurenç Sérenac, acompanhamos a rotina de três mulheres, em diferentes idades e personalidades e todas com o mesmo desejo: deixar Giverny.

Fanete é a mais nova, uma garota talentosa e sonhadora que estava batalhando para conseguir uma bolsa em uma importante instituição.
Stephanie é uma professora que está infeliz em seu casamento, e que parece ser a chave para que o crime seja desvendado, e por quem o inspetor passa a ter uma forte atração.
E por fim temos a terceira mulher, que é uma idosa que observa tudo, porém pouco sabemos dela, apenas que seu marido está morrendo, nem seu nome é revelado.


Já faz um certo tempo que li este livro, mas com a ressaca literária que tive (não por causa dele) nos últimos meses, acabei deixando acumular muita coisa aqui tanto para ler quanto para resenhar, mas enfim, o fato é que Ninfeias Negras foi uma leitura que a princípio foi bem arrastada, mas que no final valeu totalmente a pena.

Como não entendo nada de história da arte, o livro foi um pouco cansativo pra mim no que se tratava disso, e é algo que é bem trabalhado na história, e nada mais justo, já que é ambientada na cidade em que Monet escolheu para passar seus últimos anos de vida.

Até certo ponto do livro, confesso que levei pelo menos uma semana para ler, mas foi chegando mais ou menos da metade para o final, a história me prendeu de um jeito que eu não consegui mais parar de ler até acabar, e fiquei de queixo caído, hahaha!

Não costumo ler tanto assim o gênero, mas dentre o pouco que li até hoje provavelmente foi a história mais surpreendente que li.

A gente passa o livro todo criando teorias e imaginando quem possa ser o assassino, mas no momento em que tudo é revelado você percebe o quanto o autor foi genial.

A história é narrada a maior parte pela idosa misteriosa e a narrativa do Michel é bem gostosa, o que tornou a leitura lenta foi a questão da arte mesmo, que é algo que não curto, mas o livro como um todo é tão bom que compensa a lentidão do início!
Tenham certeza de uma coisa, uma só: não há coincidência alguma em toda essa série de acontecimentos. Nada foi deixado ao acaso nessa história, muito pelo contrário.


Comente com o Facebook:

10 comentários

  1. Olá!
    Não conhecia esse livro, mas gostei bastante do enredo dele, só acho que por não ter grande conhecimento em Artes, como você, talvez ache esse momentos enfadonhos também...
    Parabéns pela resenha e obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  2. Esse livro esta na minha lista desde o começo do ano, mas sempre vou passando ele pois imagino que não é um livro que vai me prender. Estou aguardando o momento certo para iniciar essa leitura..

    https://me-afogando-em-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu gostei e muito da história.
    No começo eu achei a leitura lerda e arrastada, mas o final compensou tudo =)

    ResponderExcluir
  4. Oi, Angélica! Realmente tem alguns livros que são cansativos no começo, mas a leitura passa a engrenar à medida que a trama vai se desenvolvendo. Eu tenho vontade de ler esse livro, mas acho que vou deixar ele na espera ainda. rsrs
    Bjos!
    Por essas páginas

    ResponderExcluir
  5. Oi Angélica, fui surpreendida completamente pelo final, pois em nenhum momento da leitura percebi o que poderia vim. O enredo compensa mesmo o final mais parado.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. Eu lembro que quando eu li esse livro também achei a leitura mais lenta no começo. Eu gostei do livro e no final eu fiquei chocada!

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem? Gente juro que não consigo me interessar pelo livro por mais que as pessoas falem bem e ame ele. É o gênero que eu não curto muito, e por mais que sua resenha esteja ótima, não sei se seria um livro que leria tão cedo. Ótimas palavras!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Na verdade, a única coisa que realmente me chamou atenção e por que eu leria o livro foi a parte de história da arte, Monet etc. De resto, infelizmente não me interessou a ponto de querer fazer leitura...

    ;*

    ResponderExcluir
  9. Olá,

    Já li várias resenhas desse livro e pelo que vi ele é do tipo goste ou não goste. Tenho muita curiosidade em conhecer a escrita do autor, pois já ouvi coisas bem legais sobre. Adoro o gênero suspense/mistério por isso estou bem curiosa em relação a essa história, espero ler em breve e tirar minhas próprias conclusões.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir

  10. Oii! Andei me deparando bastante com indicações desse livro por aí. Acho a capa linda e o título também me agrada, mas desconhecia que se tratava tanto de arte. Não entendo do assunto, entao creio que tbm acharei maçante o início. Mas, a trama parece ser bem instigante. Quem sabe logo não dou uma chance para ele...
    Bjs

    ResponderExcluir

 
A. Libri © Copyright 2017 ♥ Ilustração by Vexels.com ♥ Design by Kris Monneska.