Resenha: Complicado Demais - Trilogia Rock Star, livro 2

Autora: S. C. Stephens
Páginas: 440
Editora: Valentina

Após se envolver num triângulo amoroso que culmina numa traição devastadora, Kiera jurou aprender com os erros cometidos. Ela está determinada a nunca mais infligir aquele tipo de sofrimento a ninguém, principalmente ao homem talentoso e sensível que é o dono do seu coração. Mas a vida oferece novos desafios a cada relacionamento e, quando o amor de Kiera for submetido ao teste máximo, será que o sentimento vai sobreviver? Será que, por uma intensa paixão, vale a pena encarar um desafio tão complicado? Amar é fácil... confiar é que é difícil.




Faz 3 dias que terminei de ler esse livro e só fiz a resenha agora por um motivo: estou confusa!
Sim, estou confusa, estou com alguns sentimentos contraditórios! Terminei de ler o Intenso Demais com ódio da Kiera, e vamos para a resenha para eu poder me explicar!

"Amar é fácil...confiar é que é difícil..."

Bom, depois de toda a confusão que foi criada por conta de seu caso com Kellan, rommate e amigo de Denny, que era até então amor da sua vida, Kiera finalmente está vivendo seu amor com o Kellan, até esse ponto eu já não concordava, pois odiava tanto, mas tanto a Kiera por causa da cachorrada dela, que acho que ela não merecia ficar com ninguém!
Nem que o Denny a tivesse perdoado antes de voltar para a Austrália (como ela pôde trair um australiano fofo daqueles gente?!) e nem que Kellan a tivesse aceito de volta, mas enfim, cada um sabe da sua vida (sim, eu sou dessas que considera o personagem uma pessoa real hahahaha).
Quando tudo estava tranquilo (tirando o ciúmes que a Kiera tem do Kellan e com razão, pois antes dela ele era um galinha), quando tudo está tranquilo, os D-Bags recebem uma proposta para participar de uma turnê pelos Estado Unidos, o que é uma senhora oportunidade para os caras.
Kellan pensa em desistir por causa da Kiera, mas ela o incentiva a correr atrás de seus sonhos, afinal, ela pensa só no bem dele. Só que não né?
Ela incentiva, mas por dentro está se corroendo de medo. Medo do sucesso dele, de ele arrumar alguém "melhor" que ela e tudo o que uma mulher insegura tem direito de pensar.
Insegurança vem, insegurança vai, ciúmes vem, ciúmes vai, e os dois vão levando a relação da melhor forma possível durante a turnê de Kellan (que dura seis meses), e de repente Denny reaparece em Seattle e Kellan (que não sabe da volta do Denny) começa a esconder algum segredo.

"Afastando minhas dúvidas, procurei me concentrar no que sabia com certeza. Naquele exato momento, Kellan me queria. Naquele exato momento, Kellan me amava e apensa a mim."

EU AMO essa história, amo mesmo, ás vezes a autora enche um pouco de linguiça, mas eu amo a história (estou repetitiva hein?!).
Eu comecei a leitura com meu antigo ódio pela Kiera e até pouco mais da metade do livro esse ódio permaneceu, apesar do Kellan ser bem FDP quando quer e isso é justificado pelo sofrimento que ele passou e eu não acho que isso justifique algumas coisas que ele faz, eu adoro ele.
E teve momentos que eu pensei "chupa essa Kiera" sem malícia por favor. E comecei a gostar mais ainda do Griffin, o baixista vulgar dos D-Bags, não que eu goste da vulgaridade dele, mas a Kiera não gosta dele e isso é suficiente para me fazer gostar dele, tipo "o inimigo do meu inimigo é meu amigo", mas no final o Griff me deixou de queixo caído, nunca imaginei que ele fosse capaz de uma atitude como ele teve, mas isso é outra história, e se eu contar aqui é spoiler.
Mas enfim, voltando à Kiera, chegou um certo ponto depois da metade do livro que eu comecei a simpatizar com ela, pois finalmente comecei a ver alguma mudança, algum amadurecimento nela e ela tem uma atitude tão nobre em um momento importante, que é impossível continuar com ódio dela.

"Desde o momento em que entra na escola, você ouve que o tempo é uma constante. Nunca muda. É uma dessas coisas fixas na vida que você pode dar como certas, como a morte e os impostos. Sempre vai haver sessenta segundos em um minuto. Sempre vai haver sessenta minutos em uma hora. E sempre vai haver vinte e quatro horas em um dia. O tempo não flutua. Ele se move no mesmo ritmo constante em cada momento da vida."

E é isso aí, apesar de ser uma leitura meio lenta, vale super a pena, é uma história linda.

Participem do sorteio do livro INTENSO DEMAIS (primeiro da Trilogia Rock Star)que está rolando aqui no blog!

Clique AQUI e saiba mais!


Bjs e até a próxima!



10 comentários:

  1. Gostei bastante da sua resenha, e esse livro me parece interessante, mas não seria algo que leria :/
    beijos
    http://cheireiumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oii Angélica, hahaha, nem preciso dizer que o livro não é a minha cara né??? Mas gostei da sua resenha. Achei ela super divertida, hahahah. também sou do tipo que considera os personagens como pessoas, por isso sofro tanto, choro tanto, fico com raiva, me divirto e tudo mais, hahah
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Parece ser ótimo, entretanto não gosto muito de triângulos amorosos,só quem já viveu um sabe o que estou falando.
    Beijos!!

    Blog: A Nerdologia

    ResponderExcluir
  4. Eu fiquei aqui rindo sozinha do seu ódio pela personagem. Leitor(a) que se envolve com os personagens, sofre, chora de alegria e ódio, acha que são reais... Quem nunca fez isso não sabe o prazer da leitura, né?!

    Amei teu texto, pois você consegui passar teus sentimentos.
    Ah, acho que vou acabar lendo esses livros, são tantas resenhas falando deles.

    Beijos, Angelica!

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Bom, esse tipo de livro não me atrai muito, mas de tanto ver essa trilogia aqui no teu blog, já estou me acostumando. Gostei muito de ler a resenha, a achei bem divertida e bem escrita. Parabéns.
    Ah, gostei bastante do "inimigo do meu inimigo é meu amigo" hehe. Mais uma vez, parabéns!

    Leitores Forever

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    E não li o primeiro livro dessa série e confesso que não sei se um dia lerei, a capa do livro até que é bacana e a sinopse interessante, mas essa série ainda não chamou tanto a minha atenção ao ponto de eu querer ler ela, sabe? Enfim, eu gostei da sua resenha, mas dispenso essa série por enquanto.

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Não sei pq até hoje não li essa trilogia Angel, parece ótimo!!!!
    Bjus

    ResponderExcluir
  8. De tanto ler sobre a série aqui no seu blog estou começando a ficar curiosa! hehehehehe
    Que bom que a continuação da série não te decepcionou! :D

    Samara - Infinitos Livros

    ResponderExcluir
  9. Olá Angélica, não tenho tanta curiosidade de ler, mas quem sabe não mudo de opinião. Todos estão falando tão bem dessa trilogia que acabo mudando de ideia. Acho essas capas muito lindo alais <3.
    Gostei da sua resenha.
    Beijos, sucesso.

    ResponderExcluir
  10. Já tinha lido uma coisa ali e outra aqui dessa trilogia, e me interessei muito. Em breve, espero poder ler e tirar minhas próprias conclusões dele.

    ResponderExcluir

Google+ Followers

Tecnologia do Blogger.