Resenha: Não Pare!, Fml Pepper

28 fevereiro 2015



Olá pessoal!

Hoje tem resenha! Finalmente! Uhull!
Demorou mais saiu, tinha alguns posts programados, e a resenha acabou demorando (fora uma crise monstra de enxaqueca na semana que peguei o livro para ler)...


Título: Não Pare! (livro 1)
Autora: Fml Pepper
Páginas: 318
Editora: Valentina
E-book enviado pela autora
SKOOB | ORELHA DE LIVRO
AMAZON (e-book)

Uma vida normal e tranquila seria tudo que uma adolescente odiaria ter, certo?
Não para Nina!
Por que tinha que viver como uma nômade (ou fugitiva!), mudando de cidade ou
país a cada piscar de olhos? Por que não podia saber nada sobre o paradeiro de seu
pai? Por que sua mãe era tão neurótica e supersticiosa?
Milhares de perguntas.

Nenhuma resposta.
O que significavam aqueles estranhos calafrios, acidentes e mortes que insistiam
em acontecer ao seu redor? Teriam eles alguma ligação com o seu defeito de nascença?
Ou seriam causados pelo selvagem bad boy de hipnotizantes olhos
azuis-turquesa que costumava aparecer nos momentos mais assustadores?
Nina jamais poderia imaginar que aquele garoto sombrio de corpo escultural e
fisionomia atormentada lhe abriria os olhos para um universo paralelo.
Só ele tinha as respostas para os seus mais íntimos questionamentos, mas cobraria
um preço muito alto para fornecê-las:
A vida dela!


Sabe aquele livro que se você não estivesse com uma enxaqueca horrorosa, (daquelas que tem que usar óculos escuros dentro de casa para a luz não incomodar), não pararia de ler nem para comer?
Apesar que eu leio enquanto como, hahaha...
Mas então, Não Pare!, é desses livros, que te prendem, mais que um elétron se prende a um próton (lembrei dessa citação de um filme que assisti essa semana, aqui está adaptada é claro...e não, eu não entendo nada de elétrons e prótons kkkk).

Mas chega de enrolação né?

Então... Nina é uma garota de 16 anos que sonha em ter uma vida normal, em ser normal, afinal, além de Stela, sua mãe ser super protetora, elas vivem mudando de cidade e até de país, sem explicação por parte de Stela. Aliás, as explicações sobre as mudanças são sempre muito vagas, assim como qualquer assunto que envolva seu pai.
Mas não é só a vida nômade que ela e sua mãe levam que a torna incomum... Nina tem as pupilas verticais, como as de um lagarto, e não redondas como deve ser, ela usa lentes especialmente desenvolvidas por Stela para esconder suas pupilas anormais. A razão de suas pupilas serem assim também lhe é desconhecida.
Outra coisa estranha, é que Nina sente uns calafrios estranhos, uma fraqueza repentina, sempre no momento em que está prestes a sofrer algum bizarro acidente, mas que estranhamente escapa ilesa.

Durante esses "eventos", leia-se acidentes, Nina tem um vislumbre de um belo par de olhos azuis turquesa, mas nunca consegue ver quem é o dono, também pudera né? A garota mal consegue parar em pé, como é que vai prestar atenção no rosto do indivíduo?

Mas voltando ao início, elas estão em Amsterdã, na praça Dam mais especificamente, quando um desses acidentes ocorre e Stela surta, e as duas se mudam para Nova York, onde por algum motivo Stela resolve fixar residência e Nina começa a estudar no novo colégio, no meio do ano letivo, em caráter de exceção, pois é incomum serem aceitos alunos no meio do ano letivo. E adivinhem? Mais coisas estranhas acontecem, como uma enxurrada de novos alunos, assim, do nada.

Animada com a possibilidade de uma nova vida, Nina fica amiga de Melly, uma garota super animada da sua turma e começa procurar emprego, tudo que ela sempre quis, e fica ainda mais feliz quando Kevin, um garoto lindo e doce até demais, aparece em sua vida.
Pronto, estava tudo perfeito, até que aparece Richard, um garoto mau encarado e bem desaforado e seu lindo sonho de normalidade vai por água abaixo...



Quando peguei Não Pare! para ler, fui sem nenhuma expectativa, pois apesar der visto nas redes sociais vários elogios, eu não tinha lido nenhuma resenha de fato.
Eu sabia que tinha algum ser sobrenatural, mas não sabia qual era e não vou falar aqui para não dar spoiler, afinal, só descobri mais ou menos na metade do livro.
Mas uma coisa eu digo: a F. inovou, surpreendeu e eu aprovei é claro!

Quanto aos personagens, a Nina é super fofa, mas bem esquentadinha e bem ingênua, a mãe dela, Stela, pode até nos irritar um pouco com a falta de respostas, mas ela tem os motivos dela.
O Kevin me deixou com uma pulga atrás da orelha, bonzinho demais pro meu gosto, a Melly foi a personagem que mais me cativou e o Richard me deixou com sentimentos controversos em relação a ele...



A forma como o livro termina só posso dizer que foi desumana (com nós leitores, é claro), pois acontecem tantas reviravoltas, a Nina fica no olho do furacão de suas emoções, mas o final foi de cortar o coração, totalmente.

Sobre o universo paralelo que tem na história, só posso dizer que foi bem construído, se falar mais vou dar spoiler e apesar de ser uma amante de spoiler, eu não saio por aí soltando um monte a torto e a direito, rsrs.



Deixei ali em cima o Skoob, Orelha de Livro e o link para compra no Amazon, a versão física será lançada pela Editora Valentina, mas vou deixar aqui também o Site da autora, página do Facebook.



Por hoje é isso!

Participem do sorteio de aniversário do blog. Clique AQUI e saiba como!

Bjs e até a próxima!







Nova Parceria: Madras Teen

27 fevereiro 2015



Olá pessoal, tudo bem?

A Madras Editora lança o Madras Teen, seu selo de literatura fantástica!
E o A. Libri foi selecionado para ser parceiro da editora nessa nova etapa!
E eu estou mega feliz é claro!







Vamos conhecer um pouco a editora?


Entre diversos autores mega talentosos, Alexander Mackenzie e Amanda Reznor são autores da Madras.


A Elaine Velasco também vem com um super lançamento! Filhos de Lilith!


Fique por dentro das novidades:


E é claro que em breve trarei mais novidades!

Participem do sorteio de aniversário do blog. Clique AQUI e saiba como!

Bjs e até a próxima!


#Semana Woodsons #Dia7

26 fevereiro 2015



Olá pessoal!

Nossa, como essa semana passou rápido! Já é o sétimo dia da #Semana Woodsons, e nada melhor que uma entrevista com a autora né?

Essa é a Claudia Lemes, que além de autora talentosíssima é uma pessoa incrível e super atenciosa <3
Página no FACEBOOK | TWITTER

Sou uma pessoa com um histórico de muitas mudanças de cidades e países, assim como altos e baixos intensos durante a vida, o que me proporcionou o contato com muitos tipos de pessoas e culturas, me dando combustível para explorar a natureza dos relacionamentos humanos como foco principal de qualquer coisa que escrevo. Sou casada há 11 anos, tenho 2 filhos que já se amarram em livros. A literatura entrou na minha vida aos 8 anos, quando minha mãe decidiu que iria me comprar um livro por semana. Eu lia, e ganhava outro. Não era fácil com o salário de professora dela, mas valeu a pena. Hoje estimo que já li mais de mil obras, e minha biblioteca tem cerca de 800 volumes, o maior bem físico que posso deixar para meus filhos. (fonte: Moviemento)

A. Libri: De onde surgiu a ideia de criar essa história? O que te inspirou para escrever o seu primeiro livro ?
Claudia Lemes: Confesso que comecei a escrever como uma brincadeira, um exercício de criatividade. Tinha 19 anos, nenhuma intenção de escrever uma trilogia, muito menos de um dia publicá-la. Na época em que comecei a escrever, nenhum dos elementos da história eram cliché, e um livro de drama familiar com conteúdo sexual descritivo e violência não era tão fácil de encontrar. A trilogia nasceu do puro desejo de contar uma história. Foi só em 2013 que decidi disponibilizar a obra para o público.

A. L.: Como foi escrever a trilogia?
C. L.: Muito divertido. Acho que justamente por não ter nenhum tipo de presunção, de objetivo, consegui colocar todos os tipos de conflitos numa mesma história, abusar do humor negro, ousar nas partes de sexo, me desafiar nas cenas de violência, me aprofundar em tantas personagens. Me diverti demais. Me apeguei a todas as personagens. Ri muito, e chorei também.

A. L.: O livro é baseado em suas experiências ou de alguém que você conhece?
C. L.: Sempre é, um pouco. Não é autobiográfico, mas tem muito de mim lá, da minha própria família, de amigos, de muita coisa que vi e vivi sim. 

A. L.: Como surgiram os títulos?
C. L.: Eu não gosto dos títulos, juro. É que o livro foi feito para ser uma unidade, nunca pensei muito em dividir em volumes, etc. Quando a ideia veio de publicar, organizei tudo de uma maneira mais dinâmica. Os livros da Beth e do Charlie, por exemplo, foram escritos depois da trilogia principal. Encontrei uma forma de juntar tudo, e tentei publicar em dois volumes. Seria Os Woodsons vol 1 e vol 2. Mas o livro físico ficou uma aberração de tão grande. Aí segui para a trilogia, com os subtítulos Dissolução, Veneta e Absolvição. Mas no fundo, acho que deveria ter deixado apenas como 1, 2 e 3. 

A. L.: Se você tivesse que fazer tudo de novo, você mudaria alguma coisa em seu livro mais recente?
C. L.Em relação aos Woodsons sim. Sou muito crítica. Quando leio me repreendo por mil coisas. Teria escrito muitas cenas de outra forma. Mas isso acontece porque a cada livro escrito sinto que amadureço como autora, afirmo meu estilo próprio, fujo cada vez mais de armadilhas etc. Então sim, mudaria algumas coisas na Trilogia. Mas não mudaria nada no meu livro mais recente, Eu Vejo Kate. Não porque o acho perfeito. Mas porque estou satisfeita com ele.

A. L.: Existe alguma coisa que você encontra particularmente desafiadora em sua escrita? Qual foi a parte mais difícil de escrever a trilogia?
C. L.: Eu encontro mil desafios. Um deles é não escrever frases prontas, palavras batidas como “surreal” para descrever algo, ou “move-se como um zumbi” (fiz bastante disso nos Woodsons). O maior desafio ainda é com a língua portuguesa, porque passei grande parte da minha vida no exterior e meu português é falho, como consequência. Para deixar de escrever em inglês e depois ter que traduzir tudo, estou estudando melhor o idioma, aprendendo palavras novas, etc. A parte mais difícil da trilogia, para mim, foi passar a mensagem de que as ações daquelas pessoas não são endossadas por mim. Muita gente acha que o autor pensa/age como o/a protagonista. Teve uma pessoa que se revoltou contra a promiscuidade de uma personagem minha. Eu queria que as pessoas entendessem que Os Woodsons não são “os mocinhos” da minha história. Muito pelo contrário.  Muita gente entendeu isso, outras não. 

A. L.: Quais autores são referência para o seu trabalho?
C. L.: Acho que absorvo tudo que leio, mas tenho uma queda por Stephen King na construção de personagens, do estilo cru e jornalístico de James Ellroy, nos detalhes sensuais da escrita da Anne Rice, nas referências inteligentes de Lionel Shriver, a elegância trágica do Fitzgerald, a força das palavras de Hemingway...são muitas influências. Tento aprender com eles, mas trabalhar meu estilo próprio, minha voz.

A. L.: No que você está trabalhando agora? Pode nos contar qual foi sua inspiração para o próximo livro?
C. L.: Terminei agora um projeto meio top secret com a autora Paula Febbe. Só posso adiantar que envolve a mesma temática de Eu Vejo Kate. Está em fase de edição. Estou me dedicando à revisão dos volumes 2 e 3 da trilogia Woodsons para lançar em livro físico, e comecei um livro novo, um suspense, chamado Buganvílias e o Trickster. 

A. L.: Que livros mais influenciaram a sua vida?
C. L.: Meu amor pela leitura começou aos 7 anos. Os escritores de terror, desde os infantis como Angela Sommer Bodenburg, como os consagrados (King, Rice, Poe, Lovecraft, Dahl) foram muito importantes para mim. Mas meus dois livros preferidos são os ganhadores do Pulitzer “As Cinzas de Angela”, de Frank McCourt, e “O Sol é Para Todos”, de Harper Lee. São aqueles que invejo abertamente.

A. L.: Que livro você está lendo agora?
C. L.: Acabei  “Perfume” ontem, estou no final de Sniper Americano, e espero começar Rose Madder em breve. 

A. L.: Quem é o seu autor favorito e o que é que realmente impressiona sobre o seu trabalho ? 
C. L.: Os que mencionei acima, todos eles, principalmente King, que desenvolve personagens melhor do que qualquer outro. O domínio que ele tem do próprio idioma, a variedade de vocabulário, a forma de criar imagens e metáforas, de humanizar tudo...sou apaixonada por ele. 

A. L.: Você tem algum conselho para os outros escritores ?
C. L.: Eu me incomodo um pouco com preguiça. Ninguém é expert em nada, então o jeito é estudar muito, sempre, com amor por aquilo. Vejo “escritores” que não sabem a diferença entre ficção e não-ficção, romance e conto, por exemplo. Gente que escreve até o título do livro errado. Gente que se propõe a falar de um assunto sem nunca o ter estudado. Acho complicado. Falo com escritores todos os dias, todos bem intencionados, mas com preguiça de pesquisar o assunto do próprio livro. Isso me assusta profundamente. Se pudesse dar um conselho seria esse: estudem! Eu cometo muitos erros, mas nunca paro de correr atrás de informação. Acho que todos tinham que fazer o mesmo. E claro, ler muito, ler de tudo, ler sempre que der, ler mais do que escrever.

A. L.: Você tem alguma coisa específica que você quer dizer a seus leitores?
C. L.: Que sou muito sortuda de ter tanta gente investir tempo, dinheiro, e dedicação ao que faço. Sou uma escritora nova, ainda me firmando no mercado, ainda em negociação com editoras, ainda conhecendo o ofício. Com dois filhos, dois empregos, e tantos projetos, eu não teria conseguido metade do que consegui se não fossem leitores, fãs e blogueiros tão interessados no meu trabalho. Então só queria que eles soubessem que fazem uma diferença enorme na minha vida e carreira. 

 


Vou deixar aqui os links para compra do Dissolução e leitura da trilogia no wattpad e widbook:

Dissolução:

Veneta:

Absolvição:

Por hoje é isso!

Ps.: Claudia, obrigada pela atenção!

Participem do sorteio de aniversário do blog. Clique AQUI e saiba como!

Bjs e até a próxima!








#Semana Woodsons #Dia6

25 fevereiro 2015



Olá pessoal!!

Sexto dia da #Semana Woodsons, e vou deixar aqui alguns quotes e opiniões sobre o livro.

Quotes...



Opiniões...





E aí? o que acharam?

Vou deixar aqui os links para compra do Dissolução e leitura da trilogia no wattpad e widbook:

Dissolução:

Veneta:

Absolvição:

Por hoje é isso, mas ainda tem mais!

Participem do sorteio de aniversário do blog. Clique AQUI e saiba como!

Bjs e até a próxima!


#Semana Woodsons #Dia5

24 fevereiro 2015



Olá pessoal!

Quinto dia da #Semana Woodsons!
Hoje tem playlist!! Eu amooo!
Vamos lá?






Eu estou apaixonada pela playlist! A Claudia tem um bom gosto incrível!
Para ouvir a playlist completa, clique AQUI.

Vou deixar aqui os links para compra do Dissolução e leitura da trilogia no wattpad e widbook:

Dissolução:

Veneta:

Absolvição:

Por hoje é isso, mas ainda tem mais!

Participem do sorteio de aniversário do blog. Clique AQUI e saiba como!

Bjs e até a próxima!


#Semana Woodsons #Dia4

23 fevereiro 2015



Olá pessoal!!

Hoje um pouquinho de Absolvição!

#Semana Woodsons <3 <3


A história dos Woodsons chega a sua conclusão nesse último volume da trilogia. Você será levado a eventos passados, desde a infância de Claudia, os anos misteriosos de James em Los Angeles, até o encontro de Patrick com um velho inimigo, e aos eventos dos anos 1800s, quando Samantha e Charlotte Woodson deram à luz a maldição que seguiria seus descendentes por séculos. Você também vai descobrir segredos imperdoáveis, e quem sabe encontrará absolvição por todos os pecados que aproveitou.



Assim como os outro dos livros da trilogia, Absolvição é dividido em 2: Livro das Revelações e O Livro da Absolvição e o Diário da Beth (mãe dos irmãos Woodsons)




O Dissolução está à venda no site da editora e na Livraria Cultura:


Os demais estão disponíveis no wattpad e widbook!


Por hoje é isso, mas ainda tem mais!

Participem do sorteio de aniversário do blog. Clique AQUI e saiba como!

Bjs e até a próxima!




#Semana Woodsons #Dia3

22 fevereiro 2015



Olá pessoal!

Hoje é o terceiro dia da #Semana Woodsons, e é dedicado ao segundo livro da trilogia, Veneta!


Veneta continua a dramática história da família Woodson, iniciada em Dissolução, o primeiro volume dessa trilogia autopublicada nos EUA, e que ganha leitores apaixonados no Brasil exponencialmente. 

Os diários de Beth continuam se abrindo para o leitor, revelando mais reviravoltas no conturbado relacionamento entre ela, seu marido Daniel, seu amante Billy, e sua melhor amiga, Madge. O relacionamento de Beth com seus filhos ganha tons sinistros com a morte de Daniel, e quando a matriarca descobre a doença que a corrompe.

Enquanto isso, em New Haven, o triângulo amoroso entre a viúva de Tony Conicci com Patrick e James ganha interferências da terceira geração de Woodsons, que parece ser tão amaldiçoada quanto as anteriores. 

Veneta te leva para lugares como uma pacata cidade sulista, uma casa isolada nas neves da Polônia, um luxuoso cruzeiro caribenho onde uma família é forçada a conviver com os erros do passado, e o lugar mais interessante de todos: o coração humano e os segredos que carrega.







 Não li o Veneta ainda, mas ele também será postado na íntegra no waattpad, por tempo ilimitado, a Claudia é demais!!!! <3


Por hoje é isso, mas ao longo da semana tem mais!

Participem do sorteio de aniversário do blog. Clique AQUI e saiba como!

Bjs e até a próxima!







#Semana Woodsons #Dia2

21 fevereiro 2015



Olá pessoal!

Segundo dia da #Semana Woodsons!

Hoje um pouco sobre o Dissolução:

O livro é dividido em duas partes, O Livro da Juventude ou Livro da Claudia e O Livro da Vingança ou Livro do Charlie, e tem trechos do diário da Beth, que é a mãe dos Woodsons, Johnny, Patrick e James.



Claudia Westbrook é impulsiva e passional, e está fugindo do marido: um violento e enigmático mafioso. Ela planeja um recomeço impossível, porém esperançoso na cidade pequena e de personalidade própria, New Haven, onde invade a história dos três irmãos Woodson; Patrick, James e Johnny. Deciframos parte dos enigmas apresentados através do diário da falecida matriarca da família, Beth Walker, uma poderosa mulher cujos erros lançaram sombras implacáveis sobre seus descendentes.

Charlie Walsh é um jovem que carrega um único e sangrento segredo, que alimenta sua sede de vingança e o leva a infiltrar a família Mafiosa Conicci. Suas lealdades são abaladas quando percebe que pertence ao mundo que despreza e ama seu pai, o homem que jurou destruir. Quando seu caminho cruza o da ingênua esposa de Tony, os dados estão lançados.

A história dramática e surpreendente da família Woodsons começa a ser contada a partir de Dissolução, o primeiro livro de uma trilogia, já publicada em inglês, e que tem feito muito sucesso em diversos países. O volume um oferece três jornadas únicas que se unem de forma por vezes aleatória e fatal, e por outras pura inércia das escolhas de seus protagonistas. 





"Um dos melhores livros que li."
Tive a honra de ser uma leitora beta dos livros da Claudia e, portanto, já li a trilogia Woodsons inteira.
O que posso dizer da primeira parte, Dissolução, é que nada do que vcs lerem vai prepará-los para as mil reviravoltas que ainda acontecerão na história. Dissolução é apenas o aperitivo, o prato de entrada de uma refeição deliciosa.
Em Dissolução nós somos apresentados a personagens que vão permear nossa imaginação por muito tempo. O que eu mais amo na trilogia toda (e em todos os livros da Claudia Lemes) é que os personagens são críveis, humanos, reais. Você poderia facilmente encontrar com Charlie nas avenidas de uma das grandes cidades do país, ou conhecer um dos irmãos Woodsons ao ir à mercearia de uma cidade interiorana. Todos eles têm um lado bom e um lado ruim, todos têm seus defeitos e qualidades, todos falham, erram mas também nos proporcionam momentos de alegria extrema."
- Larissa Padovan, via Skoob

Só posso dizer que tenho inveja da Larissa, rsrsrs, já li o Dissolução e amei, assim que tiver um tempo lerei no Wattpad os outros livros da trilogia!

Por hoje é isso, mas ao longo da semana tem mais!

Participem do sorteio de aniversário do blog. Clique AQUI e saiba como!

Bjs e até a próxima!


#Semana The Woodsons #Dia1

20 fevereiro 2015



Olá pessoal!

Eu adoro semanas de divulgação! E hoje está começando mais uma!



Dessa vez é a Trilogia Woodsons  da autora Claudia Lemes que nos fará companhia!
Vamos lá?



Claudia Westbrook é impulsiva e passional, e está fugindo do marido: um violento e enigmático mafioso. Ela planeja um recomeço impossível, porém esperançoso na cidade pequena e de personalidade própria, New Haven, onde invade a história dos três irmãos Woodson; Patrick, James e Johnny. Deciframos parte dos enigmas apresentados através do diário da falecida matriarca da família, Beth Walker, uma poderosa mulher cujos erros lançaram sombras implacáveis sobre seus descendentes.

Charlie Walsh é um jovem que carrega um único e sangrento segredo, que alimenta sua sede de vingança e o leva a infiltrar a família Mafiosa Conicci. Suas lealdades são abaladas quando percebe que pertence ao mundo que despreza e ama seu pai, o homem que jurou destruir. Quando seu caminho cruza o da ingênua esposa de Tony, os dados estão lançados.

A história dramática e surpreendente da família Woodsons começa a ser contada a partir de Dissolução, o primeiro livro de uma trilogia, já publicada em inglês, e que tem feito muito sucesso em diversos países. O volume um oferece três jornadas únicas que se unem de forma por vezes aleatória e fatal, e por outras pura inércia das escolhas de seus protagonistas. 


Veneta continua a dramática história da família Woodson, iniciada em Dissolução, o primeiro volume dessa trilogia autopublicada nos EUA, e que ganha leitores apaixonados no Brasil exponencialmente. 

Os diários de Beth continuam se abrindo para o leitor, revelando mais reviravoltas no conturbado relacionamento entre ela, seu marido Daniel, seu amante Billy, e sua melhor amiga, Madge. O relacionamento de Beth com seus filhos ganha tons sinistros com a morte de Daniel, e quando a matriarca descobre a doença que a corrompe.

Enquanto isso, em New Haven, o triângulo amoroso entre a viúva de Tony Conicci com Patrick e James ganha interferências da terceira geração de Woodsons, que parece ser tão amaldiçoada quanto as anteriores. 

Veneta te leva para lugares como uma pacata cidade sulista, uma casa isolada nas neves da Polônia, um luxuoso cruzeiro caribenho onde uma família é forçada a conviver com os erros do passado, e o lugar mais interessante de todos: o coração humano e os segredos que carrega.


A história dos Woodsons chega a sua conclusão nesse último volume da trilogia. Você será levado a eventos passados, desde a infância de Claudia, os anos misteriosos de James em Los Angeles, até o encontro de Patrick com um velho inimigo, e aos eventos dos anos 1800s, quando Samantha e Charlotte Woodson deram à luz a maldição que seguiria seus descendentes por séculos. Você também vai descobrir segredos imperdoáveis, e quem sabe encontrará absolvição por todos os pecados que aproveitou.






Por hoje é isso, mas é só o primeiro dia dessa semana de divulgação!

Participem do sorteio de aniversário do blog. Clique AQUI e saiba como!

Bjs e até a próxima!




Nova Parceria: Qualis Editora

19 fevereiro 2015



Olá pessoal!

É com muita alegria que anuncio a parceria do blog com a Qualis Editora!


"Qualidade é nosso fio condutor desde 2008, ano da nossa fundação. A Qualis editora e comércio de livros ltda, nasceu com a importante missão de apresentar à sociedade, através da publicação e comercialização de livros, o conhecimento científico produzido no meio acadêmico, dentro e fora do Brasil.

Especializada em levar para além das fronteiras das Universidades obras direcionadas à um público altamente sofisticado, vem se tornando referência no segmento, principalmente na área do direito.

A partir de 2014 atenta ao incontestável valor da ficção, especialmente a nacional, resolve lançar seu selo de literatura. Se reinventar para atender aos anseios do público brasileiro é um motivo de orgulho para Qualis, tornando-a uma editora sólida e independente."


Algumas das autoras brasileiras da Qualis são: Janaina Rico, Mila Wander, Simone Fraga, Cristina Valori!

Em breve mais novidades sobre os livros da Qualis!

Participem do sorteio de aniversário do blog. Clique AQUI e saiba como!

Bjs e até a próxima!


 
A. Libri © Copyright 2017 ♥ Ilustração by Vexels.com ♥ Design by Kris Monneska.